">
Image Alternative text

Olá! Tudo bem? Eu sou o professor Lucas Gonçalves de Língua Portuguesa aqui do 3D Concursos. E a partir de agora, usarei este veículo de comunicação para que possamos discutir sobre nossa querida e amada Língua.

 

Sem mais rodeios, vamos ao que nos interessa?

 

O uso do pronome “lhe” costuma gerar dúvidas naqueles que têm o desejo de escrever com propriedade e maestria. Portanto, devemos ficar atentos a algumas observações importantes para que não venhamos a cometer deslizes na hora de redigir.

 

Antes de analisar profundamente as funções sintáticas deste pronome, é preciso lembrar: o vocábulo “lhe” necessariamente fará alusão à ideia de pessoa.

 

Agora, analise as funções sintáticas possíveis a seguir:

a) Objeto indireto:

Ex.: Esse é um direito que lhe assiste. (o verbo assistir no sentido de caber é um verbo transitivo indireto)

Informaram-lhes as alterações administrativas. (o verbo informar é, no contexto, transitivo direto e indireto)

 

b) Complemento nominal:

Ex.: Isto lhe parece agradável. (complementa o adjetivo agradável)

Meus ensinamentos lhes são úteis. (complementa o adjetivo úteis)

 

c) Adjunto adnominal:

Admiro-lhe as opiniões. (opiniões dele ou suas opiniões – traduz a ideia de posse).

Cortou-lhe o cabelo. (cabelo dele – note-se o valor de posse)

 

Desejo-lhes sucesso pleno! Até a próxima, e sigam-me pelo Facebook!

Prof. Lucas Gonçalves.


Array
(
    [id] => 874
    [categoria] => 874
    [id_professor] => 42
    [nome] => O-pronome-obliquo-atono-LHE;-como-usar
)